quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

1 comentário:

Graça Pires disse...

O movimento que Pina Bausch punha nas suas coreografias: sempre belo e tantas vezes provocatório. Obrigada pelo momento.
Um beijo.


contador gratis