segunda-feira, 26 de abril de 2010

For George - a Friend MIHAEL





Yes, it may be Springtime

Inside us, too...

Here

Peace is more than a word,

More than a memory left behind,

More than a concept for tomorrow.



Suzana HABUHIAH

sexta-feira, 23 de abril de 2010

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Uma questão a não pensar


a António Pedro Ribeiro


Só seremos poetas quando soubermos
posicionar os Corpos ao levantarmo-nos da cama
todas as manhãs.
Desengane-se quem julga que tem que ver com caneta e papel,
inspiração, uns libertadores copos e leituras referenciais a mais:
essa Força criadora também não selecciona horas, objectos ou rudimentares
estados emocionais;
para ela a paixão tem o valor de uma pedra, o tumulto o esguicho de uma maçã trincada, a meiguice a primeira aguada
[porque tudo é Uno quando sabes quem és]
mesmo emaranhado nas rotineiras demãos e,
se fores poeta,
saberás que a tua cor não se esbaterá nessa tela do obscurecimento
dos mitos parciais,
saberás que te encontras inteiro, mesmo que espartilhado;
porque o futebol, a literatura, a religião, a política,
todo o dinheiro que compra as marcas,
os gajos bons e as gajas boas de mamas boas,
dissolvem-se nesse Verso Maior que és tu desde o início da Eternidade
em que já eras o Verbo
e o Sujeito, com todos os Predicados e todos os Complementos:
as caixas de comprimidos, a mãe, os amigos dos amendoins tertulianos, as musas cibernéticas e antitéticas
e as horas que marcas a sós contigo para te desencontrares.

“A questão” já não é se queres pensar como os filósofos e escrever como os poetas, ou vice-versa.
“A questão” é para quê pensar tanto – tantos os conceitos, tantas as palavras! –
sendo que já és o homem-poema-Coração-por-se-escrever.


Suzana Guimaraens

quarta-feira, 21 de abril de 2010

terça-feira, 20 de abril de 2010

"Girafashions"
























- O que é que fizeste às girafas, Joana? Estavam com frio, foi?

- Também! Mas não são girafas, são girafashions... Não estão giras?

É a mãe e a filha num desfile... Assim, olha: Laranararirannann!...
Não lutes contra a Tua expansão.

Prepara-Te para o inacreditável.

Entrega-Te.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Descansar as asas


Resolvo parar num sítio não muito alto
para descansar as asas
e observar tudo mais de perto.

Agora estou aqui,
parada;
agora aqui, voando [voando o aqui comigo].

– Hoje é assim: ligeiramente diferente dos dias em que sou um Bando.


Suzana Guimaraens

segunda-feira, 12 de abril de 2010

O pai da Joana, segundo Joana







hálito

deixo-te o meu hálito a Tendais:
orvalho de Primavera
na palma dos teus dois metros quadrados
de mão cega


Suzana Guimaraens

contador gratis