domingo, 28 de junho de 2009

"Oh, patiêgo, olh'ó balonhe!..."





















E ali ficámos a olhar - assumidos patêgos - a vê-lo a afastar-se... Até ficar pequenino, do tamanho de todos os outros, de tantas dezenas de outros... Até desaparecer, como tantas outras coisas.

"Pede um desejo..."





















E eu pedi...

segunda-feira, 15 de junho de 2009

R & S

- Mamã...?
- Sim?
- Quantos bem hajas caberão num blogue...?
- Os que tu sentires.
- Mas, Mamã, são tantos...
- Nesse caso, esquece o blogue.
- Esqueço, mas posso deixar os bem hajas transbordar, que tu sentes..?
- ...





sexta-feira, 12 de junho de 2009

Continuo...



















... assim, sem ver nada, vendo tudo.

domingo, 7 de junho de 2009

Depois da queda-ascenção



















Cravinas para mim e para Ti.

Depois do banho

para Ti


















Para que o aroma se entranhe em ti como tu no meu peito, para que as asas velhas e sábias nos aproximem e nos ensinem a voar melhor, para mais alto, para mais Perto, para que as pétalas nos acariciem e as cores nos amaciem a aura e nos curem e nos curem e nos curem...

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Asa quebrada

Estranhei como se deixou "apanhar" tão facilmente...
Talvez ali tenha pousado para nunca mais levantar voo. Jamais saberei.
Vi-a pousar e não pude senão agradecer-lhe o privilégio.
Não pude, também, deixar de pensar que qualquer voo pode ser o último. Que qualquer inspirar, qualquer expirar pode ser o último. Estamos aqui por empréstimo... Somos meros convidados. Aproveitemos, pois, as asas.

terça-feira, 2 de junho de 2009


contador gratis