quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Sou um muro


(Barragem do Cabril)

1 comentário:

Sara disse...

És uma petala! Rara.

Está muito bonito.

Não preciso que essa criança da rua me deixe aceder, visto que a criança sou eu. Cada vez que menciono criança, falo de mim. Não de um ponto de vista egocentrico, mas conheço-me muito bem nesse aspecto.

Um beijo porque me faltas tu.


contador gratis