domingo, 16 de novembro de 2008

Clandestinando


(Firenze - foto "sacada" à guisa de Bond Girl)


Quando a transgressão se limita a tirar uma foto e, na verdade apetecia muito mais, instala-se uma incómoda sensação de tédio. Trazer o David para casa não me passaria pela cabeça, nem tão pouco um dedo, mas...
No dito "turismo de massas", que temporiza a nossa própria fruição e que nos encaixa em pacotes, digam lá se não apetecia rasgar com os "cânones neo-clássicos" e imaginar um filme inteiramente diferente rolar... Uma escultura que se re-esculpe, um descer do pedestal, o homem rumo ao pedestal, a fotografia da fotógrafa pela estátua. Ou apenas fugir.
Eu iria jurar que, com esta, o David me piscou no olho, assim meio de soslaio...





eU

1 comentário:

MF disse...

De qualquer modo estou lá.


contador gratis