segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Pormenor


(nearby Lavander Lane)


Não sei porquê, mas o Pormenor prende-me sempre a retina com particular convicção, como se dentro do pormenor, por mais enfadonho ou insignificante que este pareça, pudesse sempre conter-se todo um Universo... Um Universo ao qual, de algum modo, me compete ir fazendo sucessivos zooms.

Sim, acredito no Infinito... (Embora tenha uma máquina de fotografar rasca.)



eU

1 comentário:

Nelson disse...

Mais do que o equipamento, o olhar de qem fotografa faz uma grande diferença! E o teu olhar vê nos pormenores a alma das coisas!


contador gratis